NOTÍCIAS | FÓRUM DISCUTE OPORTUNIDADES DO SETOR
Sexta-Feira, 24 de Setembro de 2021, 09h:13
Impactos das Cooperativas de Crédito nas cidades onde atuam
Fórum discute oportunidades do setor

ASSESSORIA SISTEMA OCB/MT
Cuiabá / MT
noticias@ocbmt.coop.br

Impactos das Cooperativas de Crédito nas cidades onde atuam

Mais de 90 lideranças das cooperativas de crédito participaram do Fórum

O Sistema OCB/MT realizou o Fórum das Cooperativas do Ramo Crédito, no dia 22/09, para discutir sobre o cooperativismo de crédito em Mato Grosso, que conta com 18 cooperativas de Crédito registradas na OCB/MT, com mais de 600 mil cooperados, que gera 4,5 mil empregos diretos e promove um grande impacto no campo e nas cidades onde atuam.

O movimento cooperativista foi discutido por mais de 90 lideranças e representantes de instituições, que acreditam no diferencial do cooperativismo para mudar realidades, como Harold Espínola, chefe do Departamento de Supervisão de Cooperativas e de Instituições Não Bancárias (DESUC) do Banco Central do Brasil, que falou sobre ‘Oportunidades e Desafios do Cooperativismo de Crédito em avanços normativos’. 

“As cooperativas de crédito têm uma vantagem sobre as instituições financeiras digitais que é a proximidade com a comunidade. E isso deve ser aproveitado para estabelecer essa conexão com diversos público, entre eles os jovens, oferecendo produtos e serviços diferenciados para cada público”, pontuou Espínola. Ele pontuou que as cooperativas têm grandes oportunidades no mercado, principalmente dentro do próprio cooperativismo, promovendo a intercooperação.

Um dos gargalos apontados no setor foi a necessidade do aumento da participação das cooperativas de crédito nos recursos dos fundos constitucionais. “Precisamos de um acesso mais justo e pleno aos fundos constitucionais, pela própria capilaridade das cooperativas de crédito que é bem maior do que as dos bancos administrativos; além disso, apesar dos avanços na captarem de recursos das prefeituras, ainda não podemos realocar esse montante como crédito para o desenvolvimento das comunidades”, salientou João Carlos Spenthof, que é presidente do FGCoop - Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito e da Sicredi Central Centro Norte, e vice-presidente do Sistema OCB/MT.

Impactos das Cooperativas de Crédito nas cidades onde atuam

Fórum discute oportunidades do setor

O coordenador do Conselho Especializado das Cooperativas de Crédito (CECO) do Sistema OCB nacional, Marco Aurélio Almada, também participou do Fórum e mostrou as ações do Sistema OCB para o Cooperativismo de Crédito. Um dos pontos apresentados foi a questão do aumento da participação das cooperativas de crédito na aplicação dos fundos constitucionais do Centro-Oeste e do Norte (FCO e FNO), aprovado pelo Senado, onde deixa expresso que 10% do FCO e do FNO devem ser aplicados via cooperativas.

“Antes era preciso levar a avaliação da concessão do crédito novamente para o Banco do Brasil, que é o operador do fundo, em um processo que dificultava a operação. Agora, essa questão está sanada, além de ter tonado mais claros os ‘del crederes’ – taxas bancárias para realização dos serviços-, ou seja, o pagamento das cooperativas pelas liberações”, disse Almada.

A conselheira do ramo Crédito em Mato Grosso e presidente do Sicoob Central Rondon, Aifa Naomi, ressaltou que “o foco do setor deve ser a questão da intercooperação e inovação nas cooperativas de crédito, que precisam sempre lembrar que a missão das cooperativas de crédito é o impacto social na comunidade onde elas atuam”.

O Fórum também pontuou da necessidade das cooperativas em aderir aos programas de monitoramento do Sescoop/MT, uma tendência buscada por todos os ramos do cooperativismo em Mato Grosso. Entre eles os Programas do Sescoop Nacional como o PAGC (Programa de Acompanhamento da Gestão Cooperativista) e o PDGC (Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas) e os programas do Sescoop/MT, como PGA (Programa de Gestão Assistida), e o PPA (Programa de Participação Assemblear).

O superintendente do Sescoop/MT, Adair Mazzotti, salientou que o Sescoop/MT está atuando na melhoria dos programas de monitoramento existentes hoje e de novas ferramentas e analises que estão sendo trabalhadas para orientar sobretudo a questão da Gestão das cooperativas.

O superintendente da OCB/MT, Frederico Azevedo, pontuou os próximos passos para o cooperativismo de crédito em Mato Grosso. "O cooperativismo de crédito tem sido um indutor de negócios, cooperativos ou não, e acreditamos que esse tipo de política de crédito estimula e gera crescimento de cadeias produtivas, demonstrando o papel do cooperativismo de gerar resultados aos cooperados e a sociedade."

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




OCB/MT - Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Mato Grosso
SESCOOP/MT - Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Mato Grosso
I.COOP - Faculdade do Cooperativismo





Logo

Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet